Livre ou acorrentado?

E quem será que nos acorrenta, já que nascemos livre?
Acredito que seja uma afirmação que podemos refletir sobre como enfrentamos o ciclo da vida.
Com anda suas escolhas e o quanto sente-se acorrentado?

O quanto participo desta situação?
Desejo sair ou fica?
Se neste momento esta afirmação cabe ao que está passando, não tenha receio de buscar  ajuda psicológica.

Deixe uma resposta